Balneário Camboriú

Depois de Ponta Grossa desci a serra em direção a Balneário Camboriu e foi lá que passei o resto das minhas férias em Santa Catarina. Quando cheguei éramos três, só eu, minha mãe e meu primo. Porém logo a tropa aumentou e de 3 passamos para 8, sem contar outros membros da família que sempre estavam juntos e chegar até 11, 12 pessoas era muito fácil.

Por isso, lá eu tinha o enorme prazer de cozinhar alguma coisa e depois de 5 minutos não haver mais vestígios do que havia feito, isso acontecia com todas as receitas, então, certamente, elas deram super certo!

A primeira receita que fiz foi de certa maneira uma criação minha: um Pavê com brigadeiro de Shot Branco, pedaços de chocolate Branco e Preto e Bolacha de Leite, ficou bem doce, mas todos amaram, principalmente meu primo, que estava louco por um Pavê. Como é uma criação, passo a receitinha lá embaixo!

A próxima foi uma Torta de Maracujá, a receita é do blog A Cozinha Coletiva que eu adoro e sempre sigo! Na realidade eu misturei duas receitas, uma era a Torta de Tangerina, porém eu substitui o curd de tangerina por de maracujá que também tem a receita no site, e deu super certo!

Fiz também um bolo de chocolate, de outro dos blogs da vida (receita aqui!),porém em vez de fazer a cobertura, salpiquei o chocolate Shot picado e alguns M&Ms de amendoim. Obs: na minha opinião essa foi a melhor!

Chegando sexta feira eu e meu querido Padrinho Olegario fomos para a cozinha, e adivinha o que preparamos? Hamburgueres, tanto de frango como de carne,eles foram o banquete de sábado no almoço, com um pãozinho francês, uma saladinha, e um molho especial de maionese, parmesão e manjericão, não teve ninguém que não lambeu os dedos!

E para finalizar, BROWNIES, BROWNIES, BROOOWNIES! Não tem ninguém que não goste deles, sozinhos, com calda ou com um sorvete, não há quem resista!

Porém, vamos para a receita:

  • Pavê de Brigadeiro de Shot Branco e pedaços de chocolate
  • 2 latas de leite condensado
  • 1 Barra de Shot Bracon
  • 1 colher(chá) de margarina ou manteiga
  • 1 1/2 pacotes de bolacha de leite
  • 1/2 xícara de leite
  • 170g de chocolate branco, em pedaços
  • 170g de chocolate preto em pedaços

Comece com o brigadeiro, coloque o leite condensado, o Shot (em pedaços) e a manteiga em um panela, leve a fogo médio-baixo mexendo sempre até conseguir o ponto de brigadeiro mole.Reserve e deixe esfriar. Coloque o leite em um prato para molhar as bolachas antes de colocar no refratário. Pegue então um refratário médio e faça uma camada das bolachas molhadas, então coloque o brigadeiro ( morno) e pedaços mesclados de cholate branco e preto, continue com bolacha, brigadeiro, pedaços de chocolate e bolacha. Se vocês tiverem a manteiga de amendoim a derreta e jogue em zigue-zague por cim, você também pode derreter chocolate ou reservar um pouco do brigadeiro para finalizar em cima das última camada de bolachas.

Uma receita bem fácil não? Bastante doce, mas quem gosta… Vai amá-la! Beijos, até a próxima.

Anúncios

A Aprendiz e sua Amada Doceira

Finalmente a Aprendiz e a Doceira se juntaram e passaram a manhã toda na cozinha preparando delícias! Uma verdadeira aula prática com direito a várias “manhas” e dicas da minha Doceira Predileta, que vamos combinar, muitos sabem quão deliciosos são seus feitos e preparos.

A Dona Nilda não é conhecida apenas em sua cidade por seus bolos, mas também em várias cidades da região, então quem seria uma melhor professora para estar comigo enquanto eu confeitava o meu primeiro bolo? E segundo ela eu fiz um ótimo trabalho! Mas vamos combinar que a posição de avó pode deixar sua fala um pouco suspeita, não é mesmo?

O bolo que aprendi a preparar se chama “Príncipe Regente”, é de massa branca com recheio amanteigado de chocolate ( parecido com um buttercream de chocolate), coberto com um delicioso glacê de chocolate e confeitado com chantilly.

Aqui estão todas as etapas da nossa produção:

O que acharam do resultado? Aprovado?

Além do “Príncipe Regente” também fizemos um dos meus prediletos: o “ Bolo de Queijo”, com o queijinho caseiro daqui que lhe dá um gosto especial!

Ficou com uma cara ótima também não acham?

Sinceramente, além de nossa manhã ter rendido essas delícias nada se compara em cozinhar ao lado de minha amada Oma, foi um momento bastante especial que me trouxe ainda mais fascinação ao mundo da confeitaria!

Espero que tenham gostado e ficado com água na boca!

Um beijo a todos!

Delícias da Casa da Oma!

Agora vamos viajar para Ibirama, uma pequena cidade no interior de Santa Catarina onde vivi até meus dois anos e meio quando mudei para Goiás e é lá que minha doceira predileta vive, a conhecida Dona Nilda, minha amada e querida Oma.

Estando na casa dela todos os dias somos rodeados de uma delícia melhor que a outra, além do mais que casa de Vó não é assim, não concordam? E ainda por cima uma avó, que além de avó também é doceira, é impossível chegar a mesa em qualquer refeição e não se deparar com pratos que te dão água na boca!

Ao chegar lá o seu delicioso bolo de queijo já me esperava fresquinho para um café. O mesmo já mencionado aqui no blog, quando a Oma foi me visitar em minha casa ( De volta compartilhando Delícias). Mas com o queijinho caseiro daqui  fica mil vezes melhor!

Logo no outro dia para o almoço adivinha o que tivemos? O delicioso Pastelão da Oma, que em minha opinião é o melhor do mundo, pelo menos o melhor que já comi.

Como até já comentei aqui no blog minha Oma já sabe a quantidade e a consistência das massas e receitas que prepara, fazendo tudo de cabeça, sem medir nenhum ingrediente, pois querendo ou não já são muitos e muitos anos trabalhando com isso. Assim é difícil tirar dela uma receita realmente precisa, mas consegui algumas informações da massa que ela usou para preparar a receita.

E aqui está: ½ xícara de azeite, 3 ovos, 1 copo de leite, trigo ( o suficiente para incorporar a massa, mas ela tem que ficar bem molinha, quase como uma massa de panqueca), 1 colher(sopa) de fermento, queijo à gosto e sal  à gosto.

Bata todos os ingredientes no liquidificador, deixando apenas o fermento para depois incorporar com uma colher.

Unte uma forma e a forre com a massa, coloque o recheio de sua preferência, o nosso foi de Frango, e coloque o resto da massa tampando o recheio, leve ao forno médio-alto até dourar a massa.

A massa resultante deu para encher essas duas formas:

É de dar água na boca quando está prontinho não é mesmo?

Espero que tenham gostado!

Beijos, boa semana!

Roteiro de uma Viagem Deliciosa!

Na semana entre Natal e Ano Novo fui com meus pais e a Ana para Curitiba, na realidade, a linda Curitiba!

A cada vez que vou para lá fico mais encantada com a cidade e com tudo o que ela oferece! Todos os parques, restaurantes, padarias, ruas, praças me deixam maravilhada!

Nem preciso falar que nos cinco dias que ficamos por lá fui em vários lugares legais e quero compartilhar tudo com vocês!

Primeiro vamos começar com a noite de 25/12, onde tivemos o nosso jantar de Natal e um Amigo Secreto ótimo em família! E para celebrar uma farta refeição Natalina foi preparadas pelos “chefs” da noite, Marília, Débora e Olegário! E olha que nenhum deles deixou a desejar com seus pratos…

Um pouco do que tivemos:

O cardápio completo foi:

Arroz à Grega, Arroz com Castanhas, Chester, Lombo acompanhado com abacaxi, Maionese Caseira, Farofa com frutas secas e Salada de Palmito, não é de dar água na boca?

A sobremesa foi mais simples, uma certa improvisação comprada na padaria, duas cucas e uma rosca doce com gotas de chocolate. Sei que dias mais tarde visitei a padaria e era uma “Dona Padaria”, olha quanta coisa:

Imaginem, isso foi um dos primeiros momentos em Curitiba, vocês virão nos próximos posts quantas delicias mais eu saboreei nessa viagem!

Um beijão! Espero que gostem do meu pequeno “roteiro” da viagem!

Baunilha, Bananas, Nata e Férias!

Finalmente as mais esperadas férias! Descanso, praia, verão, família e tempo suficiente para colocar todas as receitas desejadas em prática.

Porém a primeira receita das férias não foi feita por mim mas sim pela mamãe, é uma receita de casa, que se originou exatamente férias passadas quando queríamos por um fim em uma nata guardada na geladeira.

É um bolo onde também vão bananas, simples e fácil,tem um resultado delicioso. Vamos para a receita:

Um pacote de Bolo de Baunilha

1 colher (chá) de essência de baunilha

6 bananas nanicas grandes ou 8 pequenas picadas ( pode-se utilizar também a prata)

1 pote de nata, 350g

6 colheres (sopa) de açúcar

1 colher (chá) canela

Pré-aqueça o forno a 180 graus e unte uma forma média.

Comece fazendo a massa como prescrito na embalagem e adicione a essência de baunilha para dar um gostinho mais acentuado. Coloque a massa na forma. Misture então as bananas com 3 colheres de açúcar e a canela, coloque por cima da massa. Para finalizar, bata a nata com outras 3 colheres de açúcar e coloque por cima das bananas.

Asse por 35 a 40 minutos.

Uma dica: Assim que sair do forno deixe esfriar um pouquinho apenas para não queimar a língua, pois é um bolo para se comer quentinho e assim que sai do forno. Um bom acompanhamento é uma bola de sorvete de creme.

Esta é a primeira receita de muitas que espero postar durando minhas maravilhosas férias.

Um beijo! Boa semana a todos!

 

A emoção da Primeira Cuca!

Hoje não trarei uma nova receitinha, mas algo que eu gostaria muito de compartilhar com vocês!

Ontem eu fiz minha “primeira cuca”, entre aspas porque na verdade era um restinho congelado de massa a que sobrou das cucas que minha Oma preparou em sua estadia aqui, como mostrei no post De volta compartilhando Delícias.

Como tínhamos que utilizá-la de alguma forma resolvi prepará-la novamente com morangos. Mas dessa vez foi diferente, eu fiz uma Cuca de “Merengue de Morango”, juntamente com os morangos eu adicionei leite condensado e suspiro, alguns dos ingredientes do merengue e ainda uma farofinha por cima.

E o resultado? Bem, foi aprovadíssimo por mim ( é claro) e pela minha mãe. Ela ainda disse que ficou melhor que a Cuca da Oma de morango, se ela diz…  HIHIHI

Aqui uma foto:

Ela ficou bem docinha, molhadinha e fofinha. Do jeito que eu gosto!

Um pedaçinho!

Um pedaçinho!

Querendo ou não cuca é uma receita de família e foi realmente emocionante e gratificante para mim ter feito uma e ter dado tão certo. Além do mais, sempre é gratificante quando receitas dão certo e ficam até melhores do que esperamos!

Espero que tenham gostado e ficado com vontade de provar um pouquinho! HIHIHIH (: Na próxima espero trazer uma nova receita a vocês

Um beijo da Aprendiz, e bom restinho de semana!

De volta compartilhando Delícias

Quem some um dia sempre aparace, não é mesmo? Depois de alguns dias, ou melhor, semanas, eu finalmente voltei! Com esses dias curtos de apenas 24hrs e tanta coisa para fazer é impossível arranjar tempo para fazer tudo o que quero, porém agora estou aqui e espero não sumir novamente.

A quase um mês (14/09) eu recebi a visita na minha querida Madrinha Carla e de minha amada Oma Nilda, não sei se já comentei, mas a minha Oma ( Avó) é uma doceira de mão cheia, bastante conhecida na cidade em que mora (Ibirama) e nas redondezas no interior de Santa Catarina pelas suas famosas bolachas, salgados e bolos.

Não é a toa que sua neta é apaixonada por tudo isso também, posso dizer que já esta no sangue não concordam? HIHIHI

Então,mesmo estando fora de sua cozinha eu não poderia deixá-la ir embora sem tirar uma casquinha de suas amadas e deliciosas receitas , e olha nos poucos dias que ficou aqui, tivemos receitas que Só a Oma faz, como o seu deliciosíssimo bolo de queijo (um dos meus preferidos) :

Bolo de Queijo, uma delícia!

Cucas de Morango e Maçã:

Cuca de Morango

 

Cuca de Maçã

E um pão caseiro que realmente, Só a Oma faz:

Pão Caseiro

Como vocês podem ver, tivemos um lanche da tarde tipicamente Sulista para matarmos um pouco de saudade de nossa terra!

Queria poder passar as receitas detalhadamente, só que é quase impossível, pois são tantos anos na cozinha que cozinhar para a  Oma é como calcular 2+2=4, é tudo fácil e automático,  já sabe tudo de cor, não utiliza mais medidas, consegue saber se a receita esta boa ou não, pela consistência, cor… É realmente incrível o seu conhecimento e vê-la trabalhar.

Uma inspiração

Então infelizmente dessa vez não tenho receitas, porém eu tinha que compartilhar todas essas delícias com vocês e falar um pouco da minha Amada Oma, quem certamente é parte do meu amor por cozinhar!

Espero que tenham gostado, e prometo logo logo estar postando novas receitas novamente. Me desculpem por ter sumido!

Um beijão, e bom restinho de semana a todos!